Mulheres negras na história: do matriarcado ao feminismo

Mulheres negras na história: do matriarcado ao feminismo

Cód. 1711-0   -  

de R$ 120,00

por R$ 90,00

- 25% OFF

ou até 2x de R$ 45,00 (sem juros)

Descrição

O que é ser mulher negra? Nossas experiências atuais reproduzem o matriarcado? O feminismo nos é relevante e necessário?

Várias perguntas e muitas respostas para sustentar as experiências e agências de mulheres negras. Ao decorrer de dois encontros, iremos dialogar e analisar a historiografia acerca das mulheres negras. Com isso, pensaremos sobre matriarcado africana, mulherismo africana feminismos e demais movimentações de mulheres negras, o ventre do mundo, potencializadoras da vida. Veremos bell hooks, Audre Lorde e Maya Angelou, filhas de Tereza e Auset. Mulheres negras descendentes do "vermelho-escuro" de Kemet. Nossas ancestrais estão presentes e nós somos descendes de legados!

O Curso>>

-4h de duração (2h para cada encontro)
-Aulas expositivas acrescidas de debates entre os participantes
- Material Incluso
- Aulas gravadas e disponíveis pós curso
- Certificado de participação 

Descrição

O curso Antirracismo - Etapa 01: Mulheres negras na história: do matriarcado ao feminismos, é organizado pelo projeto social Ação Nós Por Nós - Juventude Negra e periférica, ministrado pela coordenadora da instituição e do eixo Educação Antirracista, a educadora Roberta Ribeiro.

O curso debruçará a provocar e analisar critica e afetivamente categorias e termos utilizados para dar conta de vivencias e histórias plurais negadas pelo protagonismo ocidental. Falaremos sobre sociedades matriarcais e como essas se configuravam, seus modos de vida e cultura. Teremos o dialogo sobre a  luta pela emancipação dos corpos e mentes de mulheres negras como o foco central, portanto, os feminismos se tornam assunto central em nossas conversas, assim como outros movimentos e modos de existir protagonizados por mulheres negras, como exemplo temos o mulherisma africana e as guerreiras ahosi. 

Em dois encontros conversaremos sobre assuntos nucleais para se compreender a história das mulheres negras: colonialidade, escravização, solidão, movimentos sociais, racismo e principais referências sobre os destacados estudos. 

Primeiro dia - Da gênese negra nasce uma mulher:  Matriarcado e a unidade cultural africana. 

Segundo dia - Dos destroços de nossas histórias aos movimentos sociais: Feminismos e a luta pela emancipação de mentes e corpos. 

O curso Antirracismo é um formação continuada e divida em etapas. Cada etapa versará sobre um assunto intrínseco para desenvolvermos educação antirracista, para sermos sujeitos de nossas próprias vidas, tendo consciência de nosso passado para construir caminhos contínuos de vida. 

 

Para mais informações: robertaribeiro@edu.unirio.br