Curso "Negritudes Musicadas. O Que Pensa a Diáspora sobre a Diáspora?" com Douglas Araújo

Curso "Negritudes Musicadas. O Que Pensa a Diáspora sobre a Diáspora?" com Douglas Araújo

Cód. 2070-0   -  

de R$ 150,00

por R$ 135,00

- 10% OFF

ou até 4x de R$ 42,59 (com juros)

Descrição

O curso "Negritudes Musicadas. O Que Pensa a Diáspora sobre a Diáspora?", com Douglas Araújo, traz como proposta a introdução e o aprofundamento no debate sobre as distintas percepções históricas da Diáspora Africana nas Américas e no Brasil, em diálogos com expressões musicais diversas. Por ‘Diáspora Africana’ consideramos toda imensa rede de símbolos e práticas referenciadas em saberes seculares e ancestrais, provenientes dos povos africanos abarcados no continente americano sob o advento da escravidão moderna a partir do século VXI.

 

DATAS:

ENCONTRO 1 - 12.05

ENCONTRO 2 - 19.05 

 

HORÁRIO: das 19H às 21h

 

METODOLOGIA: A metodologia do curso está baseada em ‘disparadores temáticos” – vídeo clipes – os quais correspondem aos temas tratados em cada encontro. Assim, os disparadores temáticos possuem como função iniciar as discussões trazendo-as para o contexto da contemporaneidade e do tempo presente. Discussões essas que serão precedidas pelo mediador do curso baseando-se em seus conhecimentos acumulados sobre o tema, tendo como apoio os textos indicados de cada autora e autor para cada um dos encontros. 

 

SOBRE O MEDIADOR:

Douglas Araújo é educador, historiador e antropólogo, graduado em História, mestre em Ciências Sociais (UNIFESP) e doutorando em História pela PUC SP. Pesquisa a relação entre Música Negra, Panafricanismo e Diásporas Africanas de forma autônoma e independente. Sendo Co-Fundador do Projeto “Fela Day Na Kebrada”. Ainda no campo musical, em 2019 participou do documentário “Brazilian Funk: Born in the Favelas of Rio”, produzido pelo rapper norte americano Bishop. Em 2020 realizou diversos trabalhos em parceria com a Fabricas de Cultura –SP, transmitindo vídeo-aulas sobre Diáspora Africana em seus aspectos históricos e culturais e participou como palestrante do Projeto “Sons Da Diáspora” onde atuou ao lado de renomados nomes de especialistas da música jazz na cena brasileira como Thalma de Freitas, Willian Silva e Edson Iké.

É integrante da equipe de publicação da segunda obra em português do pensador e ativista jamaicano Marcus Garvey, o livro “Procure Por Mim Na Tempestade. De Pé, Raça Poderosa! ”, (2017) publicado pelo Ciclo de Formação Marcus Garvey. Um dos autores de “Homem Negro, Corporeidades e Saúde. Perspectivas Históricas e Sociológicas”, que compõe o livro “Diálogos Contemporâneos Sobre Homens Negros e Masculinidades “ (2019).

Presta consultorias nas áreas de Educação, Diversidade e História, sendo sócio fundador da Startup “X Da Questão”.

 

"Um povo sem o conhecimento da sua história, origem e cultura é como uma árvore sem raízes." (Marcus Mosiah Garvey)